• doramachadooficial

A culpa não é sua!


Ouço inúmeras pessoas dizendo que não entendem o que fizeram de errado para o namorado ou namorada terem ido embora. Que não sabem o que fizeram de errado para terem sido demitidas. Que não sabem o que fizeram para merecer que apanhassem.

Chega!


A culpa não é sua!


Precisamos começar a olhar pra nós mesmos com bons olhos, olhar para nossas virtudes, apreciar de fato nossas qualidades.


A auto estima é algo que vai se ganhando aos poucos. Alguns ganham desde a infância, outros mais tarde. Mas sempre é possível.


Afastar-se de pessoas nocivas, que te fazem mal e põem você pra baixo é um bom passo para a melhoria da sua auto estima.


Dizer "não" para situações que não queremos é outro passo importante.


O que você quer ser? Onde você quer ir? Qual o legado quer deixar? Como quer que as pessoas te vejam? Tudo isto você pode fazer do jeito que quiser. E deve.


Achar que um namorado te deixou porque você respondeu ou não respondeu as mensagens dele, achar que perdeu o emprego porque não aceitou um grito com você, entre outras situações nervosas, é algo que realmente você não pode, nem deve, culpar-se. Muito pelo contrário, você deve orgulhar-se.


Se você prestar atenção em você, diante do espelho, quando está com a auto estima baixa, seus ombros ficam caídos para baixo e pra frente. Já reparou? Observe sua postura agora mesmo e corrija. Corrigir a postura, olhar-se e gostar do que vê já são bons passinhos pra ir melhorando a sua auto estima. Seja você, independente do que dizem.


Claro que não estou dizendo pra você sair surtando com os outros por aí. Com jeitinho se diz tudo. Com jeitinho se ouve tudo e sai do assunto, quando quer ou não.


Tem uma palavra em inglês que se usava muito em uma multinacional americana que trabalhei: "OUCH". Não tem exatamente uma tradução, mas é uma palavra que poderia ser traduzida para o português, como algo que você acabou de ouvir e mostrar que não gostou.

"Olha como você está gorda!". Você responderia: "Ouch!"

"Olha como você é péssimo!" "Ouch!"

É como se fosse: "Peraí, não gostei do que você disse agora."


Seja feliz.

Seja leve.


A culpa não é sua!

A responsabilidade e direito de ser feliz como você é, sim!


Dora Machado

doramachadooficial@gmail.com



0 visualização

© 2019 Dora Machado Consultoria

doramachadooficial@gmail.com